19th Ave New York, NY 95822, USA

Dicas para ser um bom Gestor da sua Oficina

Dono e gestor de oficina são duas funções bem diferentes. Apesar de estes termos serem quase sinônimos, há uma grande diferença entre as atividades e funções atribuídas entre estas duas.

O Dono de uma oficina pode ser aquela pessoa que recepciona um cliente, atende o telefone, conhece cada cliente pelo nome, leva o cliente até o seu destino e retorna com o carro para fazer os reparos necessários, muitas das vezes até mesmo realizar o reparo do veículo.

Você acreditaria se eu te dissesse que é possível realizar todas estas funções e ainda assim não ser o gestor de sua oficina?

O Gestor por sua vez, pode realizar todas estas funções acima, mas deve encontrar tempo para verificar a qualidade do serviço executado, separar notas de serviço realizado e notas a serem pagas aos seus fornecedores de peças e produtos, providenciar os recursos para pagamento de salários dos funcionários, fechar parcerias com fornecedores e parceiros estratégicos para o negócio, realizar serviços bancários,  entre outras várias atividades burocráticas e administrativas.

Algumas dicas para ser um bom Dono/Gestor de Oficina:

1 – Gerencie seu tempo:

Estabeleça horários para suas atividades e procure segui-las à risca. Assim conseguirá atender a todas as demandas, com qualidade.

Uma agenda bem organizada evita atrasos, conflito de agendamentos, perdas de prazo e te ajuda a lembrar todas as atividades.

2 – Organização:

Além de passar uma imagem agradável para os clientes, uma oficina bem organizada com funcionários bem organizados, otimizam o tempo dos reparos, evitam transtornos e aumentam a clientela, consequentemente o faturamento mensal.

3 – Ferramentas:

Boas ferramentas além de facilitar o trabalho, tanto na realização dos serviços como na administração da oficina, otimizam o tempo médio gasto durante os reparos. Os clientes satisfeitos sempre retornam à oficina e consequentemente compartilham com outras pessoas sob uma boa experiência vivida.

4 – Controle:

Saiba quais são os carros que estão na oficina e quais reparos estão sendo realizados em cada um. Para facilitar, vai uma dica simples e muito utilizada: Mantenha a O.S (Ordem de Serviço) próxima ao veículo e de fácil acesso. Oriente aos seus funcionários que anotem qual o andamento do serviço. Desta forma, qualquer pessoa conseguirá entender qual reparo está sendo realizado, se há a falta de peças e por aí vai.

5 – Resultados:

O que não pode ser mensurado, não pode ser melhorado. Saiba o tempo médio dos reparos dos veículos que estão na oficina, valor médio dos reparos, quais serviços são solicitados com maior frequência.  A partir destas informações, crie uma estratégia de atendimento, como um box rápido,  desconto em alinhamento e balanceamento aos sábados, entre outros.

Bônus: Realize reuniões semanais com seus funcionários. Informe dados, estratégias que serão utilizadas durante a semana, redução de gastos, e principalmente, separe um tempo para ouvir os funcionários. Como estão na produção diária da oficina, podem te alertar para algum item que talvez tenha passado despercebido pelos seus olhos.

Até a próxima!

Equipe Videocarro

Deixe um comentário